Turismo

10 lugares para viajar na Semana Santa em Goiás

O feriado está chegando, e o final de semana prolongado é uma ótima chance para descansar pelo interior de Goiás. Confira:

Alexânia

A cidade oferece opções de lazer culturais e de aventura. O Lago Corumbá IV é o destaque do lugar, e é comumente procurado para pesca e nado. A região também é rica em hotéis-fazenda e pousadas com acomodações propícias para o descanso e o lazer. Um passeio interessante a se fazer é a visita ao Alambique Cambéba.

Buriti Alegre

Lago das Brisas faz a alegria da cidade. Uma espécie de mar de água doce foi criado com a construção da Hidrelétrica de Furnas, em Itumbiara. De beleza única e formado pelo encontro de três grandes rios (Piracanjuba, Corumbá e Paranaíba), o lago atrai muitos turistas ansiosos pra se divertirem na área de 778km².

Cidade de Goiás

Localizada há 130 km da Capital, as belezas naturais e arquitetônicas são o maior charme do município que é reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), como Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade desde 2001.

Cocalzinho de Goiás

Cercado por fauna e flora ricas em beleza típica do cerrado, Cocalzinho foi criada às margens do Rio Corumbá. A cidade é cortada por vários córregos e rios, e na região são produzidos vinhos que impressionam os apreciadores da bebida. Lá existe uma das áreas mais preservadas da Serra dos Pirineus. Ainda tem opções de grutas, cachoeiras e a Caverna dos Ecos (que abriga o maior lago subterrâneo da América Latina).

Corumbá de Goiás

Em Corumbá, mesmo nos finais de semana, a atmosfera é tranquila, quase bucólica. O centro da cidade tem seu charme. Destaque para a Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha, com quase 300 anos de história, restaurada recentemente pelo Iphan. O Salto de Corumbá atrai turistas que buscam contato com a natureza e a prática de esportes ao ar livre. Destaque para as tradicionais Cavalhadas de Corumbá de Goiás, que são realizadas há mais de 50 anos durante a festa da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Penha.

Formosa

A cidade de Formosa-GO já foi citada no Curta Mais como um ponto turístico admirável no estado. Com o forte em ecoturismo, a cidade é privilegiada por ser cercada de grandes maravilhas da natureza e por influenciar na formação de três bacias hidrográficas muito importantes no país – Amazonas, Prata e São Francisco.

Gruta do Rio do Sal

Um complexo de galerias e cavernas com cerca de 5 milhões de anos. Possui câmaras internas povoadas por morcegos e salas cobertas por estalagmites. Só deve ser visitada com acompanhamento de guias habilitados.

Mossâmedes

O maior atrativo é a Serra Dourada, com suas grutas e diversidade de flora – como o famoso Papiros (Pau Papel). Possui um areal, matéria-prima para confecção de quadros e artesanatos em geral, e um mirante na serra. A Igreja Matriz de São José de Mossâmedes, construída em 1774, é Patrimônio Histórico do Estado de Goiás.

Paraúna

Em Paraúna são encontradas grandes formações rochosas que conferem peculiaridade ao município. Cercado de mistérios e misticismo, o Parque de Paraúna abriga histórias e lendas contadas pelos moradores das redondezas, que afirmam que a região é visitada ou habitada por estranhos seres. No Vale da Portaria, vestígios de construções muito antigas são encontrados e desafiam a imaginação. Um ponto intrigante é o relógio que marca as horas pela posição do sol. No Rio da Ponte de Pedra, distante 60 km da cidade, a ação das águas formou uma gruta cheia de estalactites e estalagmites de grande beleza e interesse científico.

Pirenópolis

Destino perfeito para um bate e volta, Piri tem boa comida, pousadas de charme, compras espertas e um patrimônio arrebatador. Não há como deixar de se encantar com essa pequena jóia do interior de Goiás.

Fonte: Curta Mais

 

 

 

 

Get a prescription online