Piracanjuba

 

Município: Piracanjuba
Fundação: 22 de novembro de 1855
Prefeito: Amauri Ribeiro
População: 24.830
Área: 2.380,732
Gentílico: Piracanjubense
Site: www.piracanjuba.go.gov.br/

A história do povoado teve início com o ligamento da bandeira de Bartolomeu Bueno, o “Anhanguera”, a quem se deve o nome de um dos rios mais importantes da região. Em 1732, ao cruzar esse rio, no local onde está situada a usina Rochedo, teria o Anhanguera utilizado de duas pranchas de madeira como ponte. Na volta, só encontrando uma das pranchas, a outra teria sido levada pela enchente, denominou o rio “Meia Ponte”, nome até hoje conservado. O primeiro nome no qual o povoado foi batizado foi Pouso Alto, devido ser um ponto de hospedagem. A fazenda de Francisco José Pinheiro que tinha esse nome e em 1831 pede a construção do orago à Nossa Senhora da Abadia por suas custas. Com o tempo as pessoas se habituaram a relacionar o pequeno lugarejo que se formava com o nome da fazenda.

Em 22 de novembro de 1855, o povoado foi emancipado, passando a ser denominado como Piracanjuba, devido a espécie de peixe que já foi muito encontrada em rios da região, na qual encontra-se em extinção pelo País. Como ponto turístico na região encontra-se seus principais rios do município o Meia Ponte e o Piracanjuba. O que predomina na economia local é a agropecuária.

Site da prefeitura do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e da prefeitura de Piracanjuba

Get a prescription online