Página Inicial | Webmail | Acesso Restrito | Fale Conosco
Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública


Nossa FORÇA vem dos MUNICÍPIOS



Entidades Municipalistas acompanham lançamento de plataforma para os gestores sobre as mudanças climáticas

Publicado em 14/dez/2020


A Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a Federação Goiana de Municípios (FGM) acompanharam Webinário promovido pelo Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) para apresentar a plataforma AdaptaBrasil. A ferramenta é dedicada a fornecer subsídios para decisões sobre ações de adaptação às mudanças climáticas.

A plataforma AdaptaBrasil é um sistema de informações e análises sobre risco de impactos das mudanças climáticas, sendo considerada uma contribuição da ciência para medidas de adaptação à mudança do clima. O AdaptaBrasil está dentro do contexto da Política Nacional sobre Mudança do Clima (Lei 12.187/2009), pois uma das suas diretrizes é a promoção e o desenvolvimento de pesquisas, tecnologias, processos e práticas orientados a identificar vulnerabilidades e adotar medidas de adaptação adequadas.

As mudanças do clima se expressam pela mudança do padrão ou pela ocorrência de extremos climáticos, sejam seca ou chuva. Os impactos podem ser sentidos nos diversos setores da sociedade, assim como economia, infraestrutura, setores produtivos ou nos sistemas naturais do país. Já é possível reconhecer o aumento do impacto econômico das variações extremas do clima.

A FGM e a CNM destacam que essa é uma ferramenta importante para os gestores locais, pois os impactos das alterações climáticas serão sentidos no território do Município e pelos munícipes. Por isso, a questão do clima deve estar no radar dos gestores municipais.

A plataforma
A Plataforma AdaptaBrasil é desenvolvida pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) com fomento e coordenação do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovações. Tem o objetivo de consolidar, integrar e disseminar informações que possibilitem o avanço das análises dos impactos observados e projetados no território nacional, dando subsídio aos tomadores de decisão para ações de adaptação.

Essa iniciativa tem abrangência nacional, incluindo todos os Entes federativos, sendo financiada com recursos do Plano Plurianual (PPA). Têm como público-alvo os gestores e técnicos de governos locais, estaduais e nacionais, setor privado, associações, sociedade civil e instituições acadêmicas.

Atualmente, a ferramenta permite visualizar mapas e navegar pelos dados e indicadores de 1.262 mil Municípios de 10 Estados que integram o semiárido. A região foi priorizada pelo projeto, pois, de acordo com as projeções, já apresenta impactos decorrentes da mudança do clima no território nacional. A base científica da plataforma considera o risco de impacto relacionado à ameaça climática, vulnerabilidade e exposição. Em funcionamento desde setembro deste ano, a plataforma apresenta dados de três setores estratégicos: água, alimento e energia. São apresentados dados, em escala municipal, relacionados à segurança hídrica, alimentar e energética, além de projeções para os anos de 2030 e 2050 com cenários otimistas e pessimistas. Até o primeiro semestre do ano que vem, a previsão é ter a plataforma com dados disponíveis para todo o Brasil. O MCTI também prevê a ocorrência de oficinas de capacitação para uso da plataforma.

Fonte: FGM com dados da CNM


Compartilhar




 






















Parceiros




Filie-se


    Contatos


    E-MAIL: fgm@fgm-go.org.br
    TELEFONE: Geral (62) 3999-7450
    Rua 102 – nº 186 – no Setor Sul Goiânia – Go

    Fale Conosco


    Copyright © 2017-2019 - Todos os direitos reservados | FGM - Federação Goiana de Municípios