Página Inicial | Webmail | Acesso Restrito | Fale Conosco
Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública


Nossa FORÇA vem dos MUNICÍPIOS



Banco de projetos levará desenvolvimento às prefeituras do Centro-Oeste

Publicado em 27/fev/2018


Atenta às necessidades da região, a Sudeco criou um banco de projetos, para suprir as prefeituras do Centro-Oeste, com o objetivo de promover o desenvolvimento econômico, social e cultural do Distrito Federal e dos municípios de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Inicialmente, o banco de projetos incluirá três modelos para desenvolver vocações municipais em áreas de rápida transformação e, geração de renda e criação de empregos: centros comunitários, abatedouros municipais e bueiros estruturais.

A Sudeco assume a parte técnica e fornecerá uma previsão orçamentária para a construção; e as prefeituras viabilizarão recursos com os parlamentares que representam os seus respectivos Estados.

“Na nossa chegada o superintende sentiu a necessidade de um banco de projetos e pediu que a equipe levantasse as carências e fizesse modelos de projetos que a gente pudesse apresentar às prefeituras e eles já saíssem daqui com toda a parte técnica pronta”, afirma o chefe de Gabinete da Sudeco, Márcio Scatena Villar.

Centros Comunitários

O projeto foi formulado para integrar a população, permitindo o crescimento de pequenos empreendedores por meio da oferta, pelo município, de locais de convivência e de entretenimento. Contempla a construção de uma quadra coberta com vestiário, que abrigará eventos esportivos ou feiras, e área destinada a serviços públicos como um posto de atendimento da prefeitura.

Todo o projeto foi baseado na norma 9050 da ABNT de acessibilidade. Os centros comunitários terão direcionamento de piso tátil, rampas acessíveis, banheiros acessíveis para cadeirantes, além de espaço para cadeirantes na arquibancada.

Veja os vídeos sobre os Centros Comunitários:

http://bit.ly/2BMgQgg

http://bit.ly/2CFuVc4

Abatedouros Municipais

Os abatedouros visam solucionar o problema da falta de locais regularizados e higiênicos para o abate de animais criados por pequenos pecuaristas, muito frequente nos municípios. Eles ocuparão áreas de aproximadamente 10,7 mil/m² com capacidade de abate mensal máxima de 1,6 mil bovinos e 1,1 mil suínos.

Também fazem parte do projeto uma área administrativa composta por salas de gestão de abatedouro, cozinha, refeitório, vestiários e banheiros.

O projeto atende às normas de inspeção do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e visa atender municípios de pequeno porte, como alternativa de abate para pequenos criadores.

Veja os vídeos sobre os Abatedouros Municipais

http://bit.ly/2otSOi2

http://bit.ly/2sTmkTO

http://bit.ly/2EOoUMf

Bueiros Estruturais

Seu intuito é o de fornecer opções de drenagem para pequenos cursos d´água de forma menos onerosa e mais efetiva. Foram desenvolvidos inicialmente projetos de três bueiros estruturais com capacidade de drenagem de pequeno, médio e grande porte.

O objetivo desse trabalho é evitar o acúmulo de água em travessias e estradas, melhorando a qualidade de vida da população nos pequenos municípios.

 

Fonte: Sudeco


Compartilhar




 






















Parceiros




Filie-se


    Contatos


    E-MAIL: fgm@fgm-go.org.br
    TELEFONE: Geral (62) 3999-7450
    Rua 102 – nº 186 – no Setor Sul Goiânia – Go

    Fale Conosco


    Copyright © 2017-2019 - Todos os direitos reservados | FGM - Federação Goiana de Municípios