Página Inicial | Webmail | Acesso Restrito | Fale Conosco
Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública


Nossa FORÇA vem dos MUNICÍPIOS



FGM informa: Reabertura de todos os bancos postais dos correios no interior

Publicado em 06/set/2017


Após uma gestão institucional junto aos Correios, Banco do Brasil e INSS, a FGM conseguiu garantir que a partir do próximo dia 10 de setembro, todas as agências dos municípios goianos com bancos postais irão reabrir e prestar os serviços bancários normalmente, ficando até dia 14 de outubro.

O presidente da FGM, Haroldo Naves, destaca que a luta da entidade municipalista irá continuar para que seja suspensa a obrigatoriedade dos vigilantes e consequentemente a continuidade dos serviços dos Correspondentes Bancários dos Correios, seja oferecida nos municípios. “Vamos continuar na luta para que até o dia 14 de outubro consigamos reverter a situação e possamos garantir a continuidade da prestação dos serviços bancários nas agências dos Correios. Uma vez que a suspensão deste serviço traz grandes prejuízos aos municípios e a população, devido a grande parte ter os bancos postais como única fonte de transação bancária”.

A luta da Federação se deve em consequência ao impacto orçamentário e social que o fechamento causaria nos municípios goianos. Todo esse trabalho se da em consequência da obrigatoriedade dos bancos postais no Estado de Goiás, de possuírem um vigilante. Para se adequar às novas medidas, foi determinada a retirada de 147 postos de vigilância, ou seja, das 267 agências, apenas 120 continuarão com os cinco itens de segurança e, consequentemente, com o Banco Postal, uma redução de mais de 50%.

Essas 147 unidades que deixarão de oferecer serviços bancários atendem, hoje, aproximadamente 2 milhões de pessoas. Destas, 38 agências estão instaladas em municípios sem outra opção de atendimento bancário e a suspensão do Banco Postal fará com que mais de 150 mil pessoas precisem se deslocar para cidades vizinhas para realizar um simples saque de benefício ou pagamento de contas.

Reunião Ministro do TST

Nesta terça-feira (05/09), o presidente Haroldo Naves, acompanhado do Advogado Sérgio Siqueira da AGM e juntamente com funcionários dos Correios, reuniram-se com o Ministro do TST, Ives Gandra, onde pediram em nome da FGM e AGM  o efeito suspensivo da decisão que obriga a contratação de vigilantes pelos Correios, no Estado de Goiás.

De acordo com o presidente, Haroldo Naves, o Ministro do TST foi sensível com a posição apresentada pelos gestores e das dificuldades enfrentadas pelos municípios com o fechamento dos respectivos correspondentes bancários. Na ocasião foi protocolado oficio das duas entidades municipalistas informando sobre a situação dos prejuízos causados a população e aos municípios. Ficou também dos Correios protocolaram o pedido de efeito suspensivo urgentemente.


Compartilhar




 






















Parceiros




Filie-se


    Contatos


    E-MAIL: fgm@fgm-go.org.br
    TELEFONE: Geral (62) 3999-7450
    Rua 102 – nº 186 – no Setor Sul Goiânia – Go

    Fale Conosco


    Copyright © 2017-2019 - Todos os direitos reservados | FGM - Federação Goiana de Municípios