Página Inicial | Webmail | Acesso Restrito | Fale Conosco
Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública


Nossa FORÇA vem dos MUNICÍPIOS



FGM participa de reunião para debater o agravamento da pandemia em Goiás

Publicado em 17/fev/2021


O Presidente da Federação Goiana de Municípios (FGM), José de Sousa Cunha participou, nesta quarta-feira (17), da Reunião para debater o agravamento da Pandemia no Estado, promovida pelo Governo de Goiás. Várias medidas de enfrentamento foram levantadas, além da divulgação de um mapa de calor, com a classificação da situação da COVID-19 em cada região de atendimento à saúde. Mais de 3 mil pessoas, entre autoridades municipais e estaduais, acompanharam o encontro virtual.

Na oportunidade, o Secretário de Saúde, Drº Ismael Alexandrino Júnior expôs a situação do Estado, confirmando a taxa de mais 90% de ocupação dos leitos de UTI e classificando os municípios em situações de contaminação (Situação Alerta, Crítica, Calamidade), que serão atualizados semanalmente. “Não é apenas abrir leito, temos que controlar a disseminação da doença […] Não menosprezem os gráficos de calamidade, as novas cepas de transmissão comunitária tem o contaminação mais agressiva”. Completa o Secretário.

Completando o parecer técnico do encontro, a Superintendência de Vigilância em Saúde, Flúvia Amorim evidenciou o grau de contaminação nos municípios do interior goiano, que segundo ela, triplicou e tem a tendência de aumentar. “O segundo pico de casos é maior que o primeiro. O aumento de internações e óbitos também acompanham os dados. Evidenciados principalmente nas regionais: Estradas de Ferro, Rio Vermelho e São Patrício I”.  A Superintendente ainda cobrou por responsabilidade por parte dos gestores ,”a questão é técnica e já temos um exemplo para não seguir no País (Manaus)”.

O procurador-geral de Justiça de Goiás, Aylton Flávio Vechi;  O procurador federal, Ailton Benedito e o presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, desembargador Carlos Alberto França adotaram o mesmo tom de comprometimento das causas coletivas e a defesa de ações coordenadas e alinhadas com o Estado. Apontando uma responsabilidade por parte do Gestor Municipal que colocar seus interesses pessoais à frente da problemática da saúde. “Todas as medidas de enfrentamento precisam ser sistematicamente fiscalizadas, por todas as partes da sociedade […] Apenas o Protocolo publicado não resolve, eles precisam ser cumpridos”. Afirma Ailton Benedito.

Em relato emocionante, o Governador do Estado, Ronaldo Caiado participou da reunião diretamente do velório de um amigo, que faleceu em virtude de complicações do COVID. Caiado lembrou dos esforços da sua gestão no enfrentamento da doença, que triplicou o número de vagas hospitalares. “Muitos cobram, erroneamente, o Governo por mais vagas hospitalares. Devemos sempre lembrar que as estruturas humanas, para equipes de saúde, são finitas e levam um tempo para serem treinadas”. O Governador cobrou reponsabilidade por parte do povo goiano, “Vemos pessoas se aglomerando, saindo, é preciso entender que essa nova cepa está colapsando o mundo novamente, e dessa vez de forma mais rápida”.

Em seu momento de fala o Presidente da FGM, Cunha lembrou do papel da entidade junto aos municípios. “A FGM se propôs em capacitar e conscientizar os gestores e a população. Em parceria com a CNM realizamos diversas ações para que a importância da problemática fosse absorvida. Governador, conte conosco para implantar ações que salvem vidas e proteja os mandatos dos nossos prefeitos e prefeitas”.

Fonte: FGM 

 


Compartilhar




 






















Parceiros




Filie-se


    Contatos


    E-MAIL: fgm@fgm-go.org.br
    TELEFONE: Geral (62) 3999-7450
    Rua 102 – nº 186 – no Setor Sul Goiânia – Go

    Fale Conosco


    Copyright © 2017-2019 - Todos os direitos reservados | FGM - Federação Goiana de Municípios