Página Inicial | Webmail | Acesso Restrito | Fale Conosco
Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública


Nossa FORÇA vem dos MUNICÍPIOS



Governo de Goiás realiza primeiro Simpósio Goiano de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes virtual

Publicado em 19/maio/2020


A Federação Goiana de Municípios (FGM) comunica aos gestores que cerca de 750 pessoas acompanharam simultaneamente, e, ao todo, mais de 7 mil assistiram ao primeiro dia do Simpósio Goiano de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes – virtual, que marcou o lançamento da campanha nacional de Enfrentamento ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que completa 20 anos.  O simpósio foi realizado pelo governo de Goiás, por meio da Superintendência de Desenvolvimento, Assistência Social e Inclusão, da Seds.

Mais de 1,5 mil pessoas já se inscreveram no simpósio, que no primeiro dia teve como palestrantes a presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, (Conanda), Iolete Ribeiro da Silva; Marcelo Nascimento, presidente da Associação Paulistana de Conselheiros e Ex-conselheiros Tutelares; Joseleno Vieira, coordenador do Fórum Goiano de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes; Bruna do Nascimento Xavier, defensora pública e coordenadora no Núcleo de Defensorias Especializadas de Infância e Juventude; Anna Luiza, representante infanto-juvenil e equipe da Seds, coordenada pela secretária Lúcia Vania.

No lançamento, Lucia Vânia ressaltou a importância de se debater o tema. “A violência é um dos grandes desafios das sociedades modernas, e esse desafio se multiplica quando agressões e abusos sexuais atingem crianças e adolescente em fase de desenvolvimento, deixando sequelas físicas e psicológicas”, observou.

A data de 18 de maio foi escolhida para dar nome à campanha por em 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas 8 anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados: foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

Conforme observa a secretária Lúcia Vânia, devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, neste momento um dos maiores desafios que serão debatidos no simpósio é a subnotificação dos casos de abusos. “Estima-se que apenas 10% dos casos de abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes sejam, de fato, notificados às autoridades. Neste momento, pode ser ainda maior.”

O simpósio se estende até a quarta-feira, 20, e as inscrições ainda estão abertas e podem ser feitas por meio do link: https://www.even3.com.br/sgdeaaeaedceav2020/. Os participantes receberão certificados.

O governo de Goiás terá como parceiros na realização do evento a K&M Consultoria em Políticas Públicas e Direitos Humanos; o Fórum Goiano de Enfrentamento à Violência Sexual; e o Simpósio Nacional de Fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos.

Nesta terça-feira, 19, o tema será Atendimento ao autor da violência sexual e busca ativa das vítimas de exploração sexual para o enfrentamento e, na quarta-feira, será abordado os Desafios para a promoção e garantia de direitos da criança e adolescente, com a participação da secretária Executiva do Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes; Karina Figueiredo.

O simpósio pode ser acompanhado Facebook da Seds: https://www.facebook.com/sedsgoias/

Fonte: Seds


Compartilhar




 






















Parceiros




Filie-se


Contatos


E-MAIL: fgm@fgm-go.org.br
TELEFONE: Geral (62) 3999-7450
Rua 102 – nº 186 – no Setor Sul Goiânia – Go

Fale Conosco


Copyright © 2017-2019 - Todos os direitos reservados | FGM - Federação Goiana de Municípios