Página Inicial | Webmail | Acesso Restrito | Fale Conosco
Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública


Nossa FORÇA vem dos MUNICÍPIOS



I Conferência Estadual de Vigilância em Saúde formulará Política Nacional

Publicado em 04/out/2017


Mais de 180 delegados de Saúde dos 246 municípios goianos se reunirão entre os dias 5, 6 e 7 de outubro no Oliveira’s Place para participar da “1ª Conferência Estadual de Vigilância em Saúde” que tem por objetivo formatar, de forma inédita, uma política nacional sobre o tema.

Para a coordenadora de planejamento e descentralização de Vigilância em Saúde da SES-GO, Silvana Fuini, o grande ganho desse movimento em Goiás foi a realização das conferências regionais, pois estas promoveram o fortalecimento da regionalização do SUS e ofereceram aos participantes a oportunidade de entender na prática o que significa a vigilância em saúde.

“Hoje pouco se fala e se entende o que é Vigilância em Saúde. Muitos acham que se trata, apenas, da Vigilância Sanitária. Mas é muito além disso. Debatemos temas, como por exemplo, aqueles relacionados ao comportamento das doenças em determinados territórios, a influência do ambiente na vida das pessoas e a importância do cuidado com a saúde dos trabalhadores”, afirma Silvana.

De acordo com a coordenadora, as conferências disseminaram esse conceito mais amplo. “É uma oportunidade para que todas as pessoas se tornem agentes de proteção e vigilância em Saúde”, diz Fuini.

Conferência Estadual

A Conferência Estadual tem por objetivo definir o modelo de gestão do SUS no qual a vigilância em Saúde está inserido. Além de propiciar a integração da vigilância em Saúde em toda a rede de atenção, quer seja na promoção ou na prevenção em Saúde, na atenção primária ou na oferta em serviços de média ou de alta complexidade.

Outra meta é reestruturar e aprimorar os processos de trabalho de vigilância para garantir a capacidade técnica operacional como por exemplo, garantia dos núcleos de vigilância em saúde municipais; além de propiciar o financiamento de vigilância em Saúde e aprimorar a comunicação de risco.

Todo esse trabalho estimulará a participação da comunidade para que atue, primordialmente, como vigilante. Isso para que venha a fortalecer o controle social nesse processo. Onde o cidadão não é apenas um figurante da história mas atua como agente de vigilância em Saúde.

As conferências em vigilância estão sendo realizadas em todo o país. Cada Estado entregará sua proposta e os tópicos apresentados para que, ao fim, sejam unificados na Política Nacional de Vigilância em Saúde.

 

Fonte: Secretaria Estadual de Saúde


Compartilhar




 






















Parceiros




Filie-se


    Contatos


    E-MAIL: fgm@fgm-go.org.br
    TELEFONE: Geral (62) 3999-7450
    Rua 102 – nº 186 – no Setor Sul Goiânia – Go

    Fale Conosco


    Copyright © 2017-2019 - Todos os direitos reservados | FGM - Federação Goiana de Municípios