Página Inicial | Webmail | Acesso Restrito | Fale Conosco
Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública


Nossa FORÇA vem dos MUNICÍPIOS



Municípios goianos serão primeiros a implementar projeto da CNM que amplia rede de doação de sangue no país

Publicado em 26/mar/2018


Estimular a doação de sangue nos Municípios brasileiros e salvar vidas. Esse é o objetivo da Rede de Municípios Doadores, uma iniciativa da Confederação Nacional de Municípios (CNM), cujo projeto piloto será implementado no Estado de Goiás. A iniciativa será apresentada em encontro realizado nesta terça-feira, 27 de março, em parceria com a Federação Goiana de Municípios (FGM) e a Associação Goiana de Municípios (AGM). O evento ocorre no auditório da Caixa Econômica Federal, localizado na Rua 11, nº 250, Setor Central, em Goiânia, de 08h às 17h.

A proposta da Confederação é articular prefeituras, hemocentros e doadores para o aumento de doadores de sangue no país. Desta forma, durante todo o evento, a CNM irá cadastrar os Municípios do Estado na Rede de Municípios Doadores e orientar sobre o funcionamento do projeto. Paralelamente, o Movimento Mulheres Municipalistas (MMM) vai realizar mais uma reunião ampliada, para estimular prefeitas e primeiras damas de Goiás no empoderamento de mulheres na política local.

A Rede de Municípios Doadores é uma iniciativa que visa contribuir para o aumento das doações de sangue no país por meio de uma plataforma digital responsável por promover a interação entre hemocentros, prefeituras e doadores. Esse sistema estabelecerá um fluxo mais eficaz de divulgação e atendimento de demandas por sangue, no qual as Unidades de Coleta emitem alertas de baixo estoque para as prefeituras que, por sua vez, criam transportes solidários para encaminhar os doadores para as cidades da região que estão necessitando de apoio.

O projeto, no entanto, vai mais longe. Além de estimular a doação de sangue nos Municípios, busca-se inserir as mulheres na liderança de projetos sociais que causam impactos diretos na vida das pessoas e na gestão pública, colocando-as como madrinhas da Rede de Municípios Doadores.

Diante da importância da temática, estão confirmadas as seguintes autoridades: Valéria Perillo, primeira-dama de Goiás e presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG); Onaide Santillo, secretária Cidadã; Flávia Morais, deputada federal; Giane Boselli, coordenadora técnica de Projeto e consultora da CNM; Dalva Cristofoletti e Tânia Ziulkoski, fundadoras do MMM; Amanda Borges Oliveira, enfermeira e técnica da área de Saúde da CNM; Maria Cecilia Martins Brito, superintendente da Superintendência de Vigilância em Saúde (Suvisa) que representará o secretário de Saúde do Estado Leonardo Moura Vilela; Mauro Silva, diretor geral do Hemocentro.

Evento

O encontro também vai promover a capacitação em políticas sociais a primeiras-damas, prefeitas e Secretários municipais de Assistência Social e Saúde de Goiás. Além de divulgar o projeto, o evento visa a estimular o debate e as ações preventivas e de combate à violência contra as mulheres.

O Movimento Mulheres Municipalistas é o primeiro movimento municipalista feminino apartidário brasileiro. Desenvolvido com o objetivo de fortalecer a inserção das mulheres nos processos de governabilidade, dando voz a prefeitas, vice-prefeitas, vereadoras, secretárias municipais e demais mulheres envolvidas na gestão dos Municípios brasileiros. Um dos objetivos do MMM é estimular as lideranças femininas locais a desenvolver em seus Municípios alguns projetos sociais que a CNM implementa e que vêm apresentando resultados muito positivos, para que, por meio dessas ações, sejam alcançados impactos sociais muito mais expressivos.

Veja a programação aquiSaiba mais sobre o projeto aqui

Fonte: CNM


Compartilhar




 






















Parceiros




Filie-se


    Contatos


    E-MAIL: fgm@fgm-go.org.br
    TELEFONE: Geral (62) 3999-7450
    Rua 102 – nº 186 – no Setor Sul Goiânia – Go

    Fale Conosco


    Copyright © 2017-2019 - Todos os direitos reservados | FGM - Federação Goiana de Municípios