Página Inicial | Webmail | Acesso Restrito | Fale Conosco
Desenvolvido por: SIGEP - Sistema Integrado de Gestão Pública


Nossa FORÇA vem dos MUNICÍPIOS



Vice-presidente da FGM prestigia de lançamento das mais de 10 mil vagas do Bolsa Universitária

Publicado em 09/ago/2017


Na tarde desta terça-feira (09/08), o vice-presidente da FGM, Francisco Júnior, prestigiou o lançamento do Programa Bolsa Universitária. Que abre, a partir de sexta-feira, dia 11, novo processo seletivo para dez mil bolsas. O anúncio foi feito pelo governador Marconi Perillo nesta terça-feira, 8 de agosto, durante a solenidade de inclusão de dez mil estudantes ao programa, no Ginásio Goiânia Arena. A presidente de honra da OVG, Valéria Perillo, o vice-governador de Goiás, José Eliton, diretores da Organização e representantes de instituições parceiras participaram do ato de inclusão. Foram concedidas nove mil bolsas parciais e mil integrais.

Marconi Perillo lembrou que, em abril de 1999, foram entregues as primeiras quatro mil bolsas. “Fomos pioneiros com esta iniciativa. Ela serviu de base para o lançamento em nível nacional, em 2005, do Prouni”, disse. O governador afirmou que a Bolsa Universitária democratiza a educação e que até o final do seu mandato, no ano que vem, serão 190 mil estudantes beneficiados. Até 2018, o número deve chegar a 200 mil. Marconi Perillo finalizou com um recado para os estudantes: “Sejam perseverantes, determinados e confiem no Governo de Goiás”. O programa já beneficiou 180 mil estudantes, com investimentos anuais do Governo de Goiás entre R$ 80 milhões e R$ 100 milhões, por meio da OVG.

Valéria Perillo parabenizou os bolsistas. “Vocês são vencedores. É com alegria que realizamos essa inclusão. Acreditamos que todos vocês darão um grande retorno para a sociedade”. A presidente de honra da OVG lembrou que ao serem contemplados com o programa, os estudantes se comprometem a prestar contrapartida em alguma instituição cadastrada na OVG. “Não se esqueçam desse compromisso. É um apoio as instituições. Elas precisam de vocês”.

Critérios

A bolsa parcial se destina a alunos com renda bruta familiar de até seis salários mínimos. Já a bolsa integral contempla os universitários com renda bruta familiar de até três salários mínimos. O programa é destinado a alunos matriculados em instituições particulares de ensino superior no Estado de Goiás ou em Fundações que cobram mensalidade, que sejam credenciadas na OVG.

Os incluídos foram selecionados com base em critérios socioeconômicos definidos pelo PBU, que considera o desempenho acadêmico como requisito para definição do valor do benefício. O processo seletivo recebeu 25.730 inscrições de candidatos à bolsa.

Com os 14 mil alunos incluídos em fevereiro e agosto de 2017, o programa totaliza 180 mil estudantes beneficiados desde sua criação, em 1999. O PBU tem 75 Instituições de Ensino Superior cadastradas, beneficia estudantes de 224 municípios goianos e conta com 1.200 entidades parceiras para o cumprimento da contrapartida, uma exigência feita aos bolsistas, que passam a atuar em instituições governamentais ou não governamentais, cumprindo jornada compatível com seus horários na faculdade ou no emprego.

 Fonte: FGM com dados do Goiás Agora


Compartilhar




 






















Parceiros




Filie-se


    Contatos


    E-MAIL: fgm@fgm-go.org.br
    TELEFONE: Geral (62) 3999-7450
    Rua 102 – nº 186 – no Setor Sul Goiânia – Go

    Fale Conosco


    Copyright © 2017-2019 - Todos os direitos reservados | FGM - Federação Goiana de Municípios